Jogo da Vida

Engels Espíritos


Foram lançados os dados da sorte,
os lados da moeda, as cartas de azar
Sua bússola é uma mandala,
um espelho mágico, a encruzilhada.
Viveu o infortúnio, espírito forte, coração valente
Com esperança nos olhos, acendendo sua luz,
vivendo o presente.

Apostando em si mesmo, botando pra jogo,
Suas idéias, seus sonhos, seu destino.
Ninguém acreditava que isto tinha sentido
Reinventando a sua sina, às vezes correndo perigo,
a morte sorriu na esquina
Que Ironia da vida, sempre soube o que quis

Jogado no mundo/ largado na vida
Qualquer nota /qualquer direção
Jogado no mundo/ largado na vida
Qualquer peça do xadrez /qualquer sentido da intuição
Jogado no mundo/ largado na vida
O inesperado e a sua razão

Andando na corda bamba, no fio da navalha
sem vacilar
Malabarista da incerteza/ driblando o sistema,
Buscando sua estrela
Dormindo no teto das paradas, sonhando alto
Sem um vintém
Sempre salvo pelo gongo /a fé é seu guia/
vivendo feito rei.

Abençoado por Deus com proteção divina /onde quer que vá
Com o corpo fechado e coração aberto/ espírito livre para voa
Você pode até pensar que isto é uma inconsequência.
Mas esta é a condição real de sua existência

Jogado no mundo/ largado na vida
Os lados dos dados em qualquer posição
Jogado no mundo/ largado na vida
Qualquer naipe das cartas /qualquer sentido da intuição
Jogado no mundo/ largado na vida
Qualquer número da roleta /um tiro na sua razão

Letra enviada por Rodrigo159

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Engels Espíritos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS