Página inicial > MPB > E > Emílio Santiago > Tropeços Naturais

Tropeços Naturais

Emílio Santiago

Aquarela Brasileira 7


Você teima, em me fazer provocações
Desafios
Em tocar, mexer com as minhas emoções
Com meus brios
Que bobagem, isso não tem nada a ver
Eu lhe peço
Não precisa torturar meu coração
Eu confesso

Te amo tanto, que talvez
Faltem palavras pra dizer
Me causa espanto saber que você não vê
Se você tem alguma coisa contra mim
Por que não diz?
Eu sou capaz de tudo pra te ver feliz
Portanto, pare de me provocar ciúmes
Por favor
Pra não apagar as chamas do meu grande amor
Ou você quer me conquistar
Ou então me mata de paixão
Pra quê? Se eu já te dei por bem
Meu coração

Se te magoei
Se eu falei demais
Me desculpe
Mas não chore, deixe tudo isso para trás
Não se culpe
Essas coisas são tropeços naturais
Do caminho
Só está livre desse mal quem vive sozinho

Compositor: Altay Veloso

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Emílio Santiago no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS