Baby

Emijota


A saia curta, vestido coladinho e um salto alto
É a farda dela na guerra dos boy malhado
Mas eu sei, que curte um magrinho, por isso cheguei juntinho
E ''cê'' gostou, eu fui chegando perto e você bem que deixou
Eu falando no seu ouvido, te chamando pra sair
Um role em camburi, e a noite pra curtir
Enquanto ''cê'' dança e eu te faço sorrir
Mulher, esquece esses boy que ''cê'' não quer
E eu vou te levar num lugar pra ver o por do sol
E depois a gente deita e bagunça o lençol
E botar, fogo na sua saia, desejo no olhar
E te mostrar que tudo e mais gostoso a luz do luar
Que dá pra cativar
E que a mão na coxa faz mais do que você pode imaginar
Nega

Então só deixa acontecer que eu faço valer a pena baby
Seu pai não gosta mas você adora baby
Então esquece oque suas amigos dizem baby
Segura minha mão e vamos nos divertir

E o coroa já falou que não te quer comigo
Que ele conhece bem esse tipo de amigo
Ah se ele soubesse que sua amiga juliana
Na verdade é minha cama
E que ela tava em chama na noite passada
E que quando tamo juntos você não fica parada
A sua inocência e uma questão questionada
E todo mundo sabe que seus pais não sabem nada
Então, vai, pode falar a verdade
O que eu faço contigo os boy não aguenta a metade
Então vem, ''cê'' sabe que vale a pena
Quando senta do meu lado já conheço seu esquema
Eu te deito no sofá, te assanho encima da mesa
Te agarro no chuveiro e na cama faço uma surpresa
Na vida dessa menina, prazer e oque não sobra
E eu conheço bem a parte que a malhação não mostra
E das 1000 formas de fazer isso, 800 eu já sei
E as outras 200 fui eu que inventei

Então só deixa acontecer que eu faço valer a pena baby
Seu pai não gosta mas você adora baby
Então esquece oque suas amigas dizem baby
Segura minha mão e vamos nos divertir

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Emijota no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS