Página inicial > Hip Hop > E > Emicida > Sol de Giz de Cera (Part. Tulipa Ruiz)

Sol de Giz de Cera (Part. Tulipa Ruiz)

Emicida

O Glorioso Retorno De Quem Nunca Esteve Aqui


Ela quer
me contar
um negócio sobre cada pé
de feijão
que brotou no algodão
Não após
dar cada detalhe do passeio dos caracois

Voa sorrindo
Brinca no vento
Eu vi que o mundo pode ser
Velho e novo ao mesmo tempo
Viro rei, pirata, samurai
Em resumo, no rumo
Papai

Sou eu quem mata o leão
Quem vence o dragão, ufa
Enfrenta a vida dura
Dom Quixote doidão
Espada na mão
E ainda volto pra casa com a mistura
Cantando

Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá

Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá

Menos um dente
Joelho ralado
E eu atrás tipo um velho
Cuidado, cuidado, cuidado
Pa, pai, ó, ó, vem, vem, só, só
Bem, bem, dó, dó

O cadarço deu um nó
Pula como quem flutua
E fala de abelha, bala, olha a lua
O cachorro comeu a canetinha
De sua alteza princesa cosquinha

Sou eu quem mata o leão
Quem vence o dragão, ufa
Enfrenta a vida dura
Dom Quixote doidão
Espada na mão
E ainda volto pra casa com a mistura
Cantando

Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá
Pa-pa-pa-pa-ráá

Compositor: Emicida/Felipe Vassão

Letra enviada por Karol Martins

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Emicida no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS