• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    [Verso 1: Capicua]
    Eu até queria acordar, mas os olhos não me obedecem
    De 10 em 10 minutos calo o alarme e esqueço-me
    Do mundo do futuro e que segundo a minha agenda
    Hoje é segunda e não segunda, li no escuro
    isso é uma lenda
    Até queria trabalhar, mas meu corpo não me responde
    Hoje o pensamento foge, eu tô cada vez mais longe
    Em modo voo, olha pra mim num pijama
    A planar descabelada por cima da minha cama
    Ana, é o meu nome, mas hoje mudei pra Bela
    E vou ficar adormecida, fechada no meu castelo
    Ai de quem abra a janela, que eu exigo proteção
    Do Greenpeace, sou preguiça e entrei em hibernação

    [Refrão: Rael]
    Eu tô numa de relaxar
    Nem o Google vai me achar
    É daquela paz lá de Jah
    Que eu preciso
    Eu tô numa de relaxar
    Nem o Google vai me achar
    É daquela paz lá de Jah
    Que eu preciso

    [Verso 2: Emicida]
    Combina a cor do Force One, white, white, hã
    It's gonna be alright ou Betty Wright, saca?
    Tonight is the night (Hahaha)
    Gata, conduz o Porsche, eu tô bem James (I feel nice)
    Ontem foi grave como traps (Aham)
    Hoje foda-se a bússola
    meu coração espanca o Googlemaps
    Portas em automático, mundo sádico
    É tanta boca quente que a gente se torna o Ártico
    Cantando igual cigarra, por noiz e por mim
    Gracias a la vida, entendeu?
    Violeta Parra, agarra a chance, garra ao lance
    É estilo ninja, eu vim com a minha Vênus
    E ela deixou a minha boca doce, tipo o ginja

    [Refrão: Rael]
    Eu tô numa de relaxar
    Nem o Google vai me achar
    É daquela paz lá de Jah
    Que eu preciso
    Eu tô numa de relaxar
    Nem o Google vai me achar
    É daquela paz lá de Jah
    Que eu preciso

    [Verso 3: Rael]
    Mano eu vou ali comprar um chá
    Pode ser de sensimilla pra me assimilar
    Que minha mente precisa de calma, de brisa
    Não Master, nem Visa
    De parar pra estacionar, mas sem baliza
    Sem papos de crise, placas de não pise
    Ninguém de alma ruim que minimize
    Calado e calor, descalço na areia
    E a paz vai transcorrendo na minha veia
    Sem internet, nada de notificação
    Pra não dispensar esse momento em recessão
    Um drink pra fazer a climatização (how)
    Aguenta coração
    Vai

    [Refrão: Rael]
    Eu tô numa de relaxar
    Nem o Google vai me achar
    É daquela paz lá de Jah
    Que eu preciso
    Eu tô numa de relaxar
    Nem o Google vai me achar
    É daquela paz lá de Jah
    Que eu preciso

    Letra enviada por Danielle Pereira
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Emicida

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.