Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo

    Selva de pedra, menino microscópico
    O peito gela onde o bem é utópico
    É o novo tópico meu bem
    A vida nos trópicos
    Não tá fácil pra ninguém
    É o mundo nas costas e a dor nas custas
    Trilhas opostas, La Plata ofusca
    Fumaça, buzinas e a busca
    Faíscas na fogueira bem de rua, chamusca
    Sono tipo "slow & blow", onde vou
    Leio vou, vôo e até esqueço quem sou
    Calçada, barracos e o bonde
    A voz ecoa só, mas ninguém responde
    Miséria soa como pilhéria
    Pra quem tem a barriga cheia, piada séria
    Fadiga pra "nóis", pra eles férias
    Morre a esperança
    E tudo isso aos olhos de uma criança

    Gente, carro, vento, arma, roupa, poste
    Aos olhos de uma criança
    Quente, barro, tempo, carma, roupa, "nóis"
    Aos olhos de uma criança
    Mente, sarro, alento, calma, moça, sorte
    Aos olhos de uma criança
    Sente o pigarro, atento, alma, louça, morte
    Aos olhos de uma criança

    É café, algodão, é terra, vendo o chão é certo
    É direção afeta, é solidão, é nada
    É certo, é coração, é causa, é danação, é sonho, é ilusão
    É mão na contra mão, é "mancada"
    É jeito, é o caminho, é "nóis", é eu sozinho
    É feito, é desalinho, perfeito carinho, é cilada
    É fome, é fé, é "os home", é medo
    É fúria, é ser da noite é segredo, é choro de boca calada
    Saudades de pá!,pai, quanto tempo faz, a esmo
    Não é que esse mundo é grande mesmo
    A melodia dela, do coração, tema
    Não perdi seu retrato
    Tipo Adoniran em Iracema

    São lágrimas no escuro e solidão
    Quando o vazio é mais do que devia ser
    Lembro da minha mão na sua mão
    E os olhos enchem de água sem querer

    Aos olhos de uma criança
    Gente, carro, vento, arma, roupa, poste
    Aos olhos de uma criança
    Quente, barro, tempo, carma, roupa, "nóis"
    Aos olhos de uma criança
    Mente, sarro, alento, calma, moça, sorte
    Aos olhos de uma criança
    Sente o pigarro, atento, alma, louça, morte
    Aos olhos de uma criança

    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, menino
    Menino, mundo, mundo, meni...

    Letra enviada por Fátima Bertolucci Ferrari
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Emicida

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.