Página inicial > Hip Hop > E > Emicida > Afrodite

Afrodite

Emicida

Língua Franca


[Refrão: Sara Tavares]
Rainha Ginga
Axanti, Makeda Queen of Shaba
Escrava Isaura
Usa a tua sabedoria
Oi Oi Oi Oi

[Verso 1: Emicida]
Amor, agora é pós-graduação
Ora, 3 hora de busão
Orgulho da senhora, trampo de dia, noite "facul"
Bora, não se deixou destruir
É o poema da Cora, Coralina, Moralina
Desde Ruth, Carolina ela curte Clementina
Fela Kuti, Jovelina, bamba
Riso de Luanda, é Zambi que manda
Axé na guia, alegria
Saravá, sua banda
Mil produtos para tês com carinho
Tipo "Pequeno Burguês" do Martinho
Versão fêmea, é
Cor do chocolate de São Tomé
Corre tanto na direta
Pensam que ela é gêmea
É poucas pra piadinha
Viu? Treta, morena não, preta
Cacheada não, crespa
A vó é ex-diarista, te benze
A nós universo
Aos racistas o banheiro do Mackenzie

[Refrão: Sara Tavares]
Rainha Ginga
Axanti, Makeda Queen of Shaba
Escrava Isaura
Usa a tua sabedoria
Oi Oi Oi Oi

[Verso 2: Rael]
Vem de Luanda
Com a fé, com um amor que emana
Fez ciranda, com calor que mantém essa chama
E virou canção ora
No meu coração mora
Tem as Efigênea e as Mariama
És fruto do Quênia, gira de baiana
Habita e transita por vários hits do samba
Do reggae e dos afrobeat
Ela anda sem limite e acelera o pitch
Quem ouve já logo pede repeat dela
És bela e tranquila, os mano faz fila
E soa como batida do Dilla
Dispensou Sansão, inspirou Dalila
Nas ruas do mundão ela desfila

[Refrão: Sara Tavares]
Rainha Ginga
Axanti, Makeda Queen of Shaba
Escrava Isaura
Usa a tua sabedoria
Oi Oi Oi Oi

[Verso 3: Capicua]
Carapinha erguida
Tens tiara de rainha Ginga
Qual é o pente que te penteia?
Como o Caetano diria, digo
"Você é linda"
Abelha-rainha, és tu que mandas na colmeia
Ser forte como, tu e como Erykah Badu
E o porte de Mandela nela
Ubuntu!
E a sorte de ser bela
Como só ela, Tu
Tens brilho de estrela assim negra como ébano
Nefertiti de graffiti, Tu és
Assim coberta de cores
Da cabeça aos pés
No rosto da primeira mulher
A africana
Vês o rosto de todas as mulheres da raça humana
O borogodó e aquele "je ne sais quoi"
Há um certo xodó
Naquele "chega para lá"
E não te atrevas a dizer
Que ela vem da tua costela
Se até Adão saiu de dentro da barriga dela

[Refrão: Sara Tavares]
Rainha Ginga
Axanti, Makeda Queen of Shaba
Escrava Isaura
Usa a tua sabedoria
Oi Oi Oi Oi

[Sara Tavares]
Tu és feita da cor do Universo
Tu és precioso chocolate de ouro
Mana Sara do lado de cá
Mana Sara do lado de lá
Deixa a carapinha livre
Brilha como o sol

Compositor: Sara Tavares, Capicua, Rael, Emicida

Letra enviada por Danielle Pereira

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Emicida no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS