The Siege (tradução)

Eluveitie

Helvetios


O cerco


Terra arrasada que saímos

A terra estéril de cinzas

Nossa devastado pátria

Seja o vazio nossa porra monumento


Em uma madrugada de chumbo

Nesta manhã sinistro


Pila apareceu no horizonte

garras do Wolverine

legiões desmaiado formado

às portas de Avaricum

Acredita invulnerável

Este chamando parede

Mas em linha reta fora do nada

Diante de nossos olhos este godsdawn bane surgiu


Assim queimaduras Avaricum

Sob um céu morto

afoga Avaricum

No sangue e morte


torres de cerco surgiram

saliente do chão

Destacando-se contra o céu ameaçador

Como se zombar de tudo valiantness

Cara a cara com um olho nivelado inimigo

fileiras romanas cerradas

aguerrido em nossa espera


Corte e preso dentro

medida que o massacre estava à mão

Como o ranger dos guinchos exaltou nossa desgraça

O massacre aconteceu Avaricum

Morto impregnado do oppidum

esquerda para a pilhagem, saque e estupro

Avaricum os bravos se tornou Avaricum a sepultura

The Siege


Scorched earth we left

A barren land of ash

Our fatherland laid waste

Be the void our fucking monument


At a leaden dawn

At this ominous morn


Pila loomed on the horizon

Talons of the wolverine

Exanimate legions formed

At the very gates of avaricum

Believed invulnerable

This calling wall

But straight out of nowhere

Before our eyes this godsdawn bane arose


Thus avaricum burns

Under a dead sky

Avaricum drowns

In blood and demise


Siege towers emerged

Protruding from the ground

Standing out against the threatening sky

As if to mock all valiantness

Face to face with an eye-levelled enemy

Serried roman ranks

Embattled upon our hold


Cut off and trapped inside

As the carnage was at hand

As the creak of the winches extolled our doom

The slaughter befell avaricum

Dead suffused the oppidum

Left to pillage, sack and rape

Avaricum the brave became avaricum the grave

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS