Quoth The Raven (tradução)

Eluveitie

Everything Remains (As It Never Was)


Disse o corvo


Eu sou o mistério

E eu sou o portador da noite sem lua

eu carrego a sabedoria arcana

Eu, vigia da ilha enterrada


Assim que você emergir

Ouça o bater de minhas asas


Eu assombro seus medos

Embora você não sabe do meu dever

Para guiar o seu caminho

Pois eu irei te levar para casa para descansar

Em minhas asas negras envolvendo você


Eu sou o ícone sublime

O guia da viagem clandestina

Eu canto os versos lamentosos

Eu, tocha do caminho radiante


Assim que você sair

Ouça as batidas de minhas asas

Uma vez que você deixar o seu casulo

Eu estarei lá


E a morte vai sorrir seu descarado sorriso

Iniciando sua angústia final

Não é antes da minha chegada

que você será levado a sentir

a serenidade natural de deixar este mundo

Ouça minhas asas acariciando o vento!

Ouça meu kraak! (barulho que um corvo faz)

Quoth The Raven


I am the mystery

And I am the bringer of moonless night

I bear the wisdom arcane

I, harbinger from the burrowed isle


Once you break forth

Harken the flap of my wings


I haunt your fears

Though you don't know of my duty

To lead your path

Because I'll take you home to rest

In my black wings enfolding you


I am the icon sublime

The guide of the voyage clandestine

I sing the verses bewailed

I, torch of the radiant way


Once you step out

Hearken the strokes of my wings

Once you will leave your cocoon

I will be there


And death will smile his barefaced smile

Initiating your final anguish

It is not before my arrival

that you will be lead to feel

the natural serenity of leaving this world

Hear my wings caressing the wind!

Hear my kraaak!


Compositor: Christian Glanzmann

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS