Na Escuridão

Elton Domingues Ferreira


NA ESCURIDÃO (memorial ao papai - Variação Temática canção "No Dia Que eu Vim Me Embora - Caetano Veloso)
Letra Adaptação: Elton DominguesFerreira

No dia que meu pai se foi
Não tinha nada de paz
No dia que voltei pra casa
Não deve nada de felicidade

Minha mãe ia indo e eu a ir
Minha avó até a porta
Até o porto meu pai
Minha irmã ia a ir
Até a rua sofria.

Quando me vi sozinho vi
Do que não entendia nada
Sentia apenas que amava
No dia que fui embora
Sozinho pra capital

Eu nem olhava para trás
Sentia apenas do sonho
Que eu sonhava
Sentia o peito queimar e a saudade de papai
Sozinho na capital.

Parado ali com meu violão
Eu nem olhava para trás
Via o que não devia
Ouvia o que podia
Um gesto hip de homens trabalhando

E o que sentia era um calafrio
Dentro do peito
Via o moço forte a mulher macia
Dentro da escuridão a face de meu pai
Era o que queria, mas não podia
Já teria ido para um lugar distante de mim.

Era uma coisa triste
Coisa ali parada
Eu tava ou estava lá?
Estava parado a procurar
De coisas surpreendentes
Parece bobagem, mas não era não
Essa é minha historia, bem calada,
Na Escuridão do nevoeiro dos meus sentimentos
Fatalmente erram, mas acham solução.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Elton Domingues Ferreira no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS