Minha Aura Clara

Elton Domingues Ferreira


Minha aura clara
Só quem clara vivente
Pode ser, pode ver.

A quem canta
A deusa amada
Faz cair do céu
O sinal da alma pura.

Cravada no peito
A sombra de uma solidão
A quem deseja a musa
Pede por um final.

Ao que tudo indica
Que ao ver as coisas
Sumirem assim no abismo
Vendo a alma clareando
A vida após a morte.

Era tudo que não queria
Ouvir e ver o moço sair de cabeça baixa
Por dentro ao pátio do parque
Foi no parque que ele avistou
Foi quem ele viu
A musa passeando com outrem.

Mas a quem diga que a solidão
É parteira da briga, mas solidão.
É mesmo inimiga da paixão.
Minha aura clara
(elton domingues ferreira)

Minha aura clara
Só quem clara vivente
Pode ser, pode ver.

A quem canta
A deusa amada
Faz cair do céu
O sinal da alma pura.

Cravada no peito
A sombra de uma solidão
A quem deseja a musa
Pede por um final.

Ao que tudo indica
Que ao ver as coisas
Sumirem assim no abismo
Vendo a alma clareando
A vida após a morte.

Era tudo que não queria
Ouvir e ver o moço sair de cabeça baixa
Por dentro ao pátio do parque
Foi no parque que ele avistou
Foi quem ele viu
A musa passeando com outrem.

Mas a quem diga que a solidão
É parteira da briga, mas solidão.
É mesmo inimiga da paixão.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Elton Domingues Ferreira no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS