Página inicial > E > Elisvânia Borges > O Deus Que Eu Sirvo

O Deus Que Eu Sirvo

Elisvânia Borges


O Deus que eu sirvo ele forte
Poderoso e o santo milagroso
Que a calma o vendaval, quando ele ordena
Ordena pra valer faz o inferno
Estremecer e dissipa todo mal
Derruba muros e arrebenta as correntes
E tremendo e valente
Nunca soube o que e perder, entra na guerra
E quando entra é pra ganhar
Quem já lutou com ele nunca pode lê deter

E o Deus de elias e também de elizeu deu visão a bartimeu
Lázaro fez ressuscitar
Deus de milagres e também de salvação
E o Deus de abraão não há como duvidar, está aqui, algo vai
Acontecer se tu queres receber a unção de Deus neste lugar
Adore a ele e o seu dom e renovado vaso velho e renovado
Deus tira as cinzas do altar

Quando ele chega a vitória e garantida
E o azeite da botija ele faz multiplicar
Pra honrar seu nome
Parou o sol e a lua esfriou
Uma fornalha e fez machado flutuar, já fez de tudo já provou
Que e o mais forte já venceu a própria morte, leão fez jejuar
Quando ele chega tira todo embaraço
Quebra cadeia e corta laço da rocha faz água brotar

Letra enviada por Elisvânia Borges

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Elisvânia Borges no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS