Página inicial > Hardcore > E > Elísio > O Cultor E As Daninhas (parte II)

O Cultor E As Daninhas (part. e II)

Elísio


Choveu muito intenso, não ventou mais no jardim
Tive que fugir se quisesse
salvar
Alguma lembrança, torço pra esquecer
Torço pra aquecer nossas
vidas

E não usar o acaso
E não trancar a casa

Hoje eu provei do
aperto
Trouxe à tona o que eu temia
Me endividei
Com algo que eu não
precisei comprar

Sem querer que volte
Sem precisar esperar o completo... o
complexo

Choveu tão intenso que desisti do meu jardim
Tive que fugir pra me
salvar
Com uma lembrança, faço por merecer
Me esforço pra aprender a
viver

Minha vida com acaso
E não bater a porta

Pra colher tudo que ficou
com o papel de metal

Hoje eu provei do aperto
Trouxe à tona o que eu
temia
Me endividei com algo que eu não precisei comprar

Sem querer que
volte
Sem precisar esperar o complexo... o completo

Compositor: Filipe Nards

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Elísio no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS