Elis Regina
Página inicial > Bossa Nova > E > Elis Regina > Bolero de Satã

Bolero de Satã

Elis Regina

Essa Mulher


Você penetrou como o sol da manhã
E em nós começou uma festa pagã
Você libertou em você a infernal cortesã
E em mim despertou esse amor

Atormentado e mal de Satã
Você me deixou como o fim da manhã
e em mim começou essa angústia, esse afã
Você me plantou a paixão imortal e mal sã

Que me enraizou e será meu maldito final amanhã
E agora me aperta a aflição
De chorar louco e só de manhã
é a seta do arco da noite

Sangrando-me agora
São lágrimas, sangue e veneno
Correndo no meu coração
Formando-me dentro esse pântano de solidão

Composição: Guninga / Paulo Cesar Pinheiro

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Elis Regina no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS