Filho Pródigo

Elias Silva


Eu pedi ao pai toda a minha herança
Pra me divertir pelo mundo afora
Me sentia preso dentro da minha casa
Ele ficou triste e me aconselhou
Meu filho lá fora é só tristeza e dor
Uma aparência de felicidade
Mas meu coração estava endurecido
E o que ele falou eu não dei ouvidos
Drogas e orgias eram o que eu queria
E sem despedir fui logo embora
Uma aventura pelo mundo afora
Todo o meu desejo era só pecar
Mas eu percebi que o meu dinheiro foi se acabando
E a qualquer momento toda aquela glória ia se acabar
Eu fiquei sem nada longe da família
Todos meus amigos se distanciaram
Não achei ninguém pra me socorrer
Na beira da rua mendigando o pão
Eu chorava muito longe da família
Eu não tinha nada pra me defender
Eu fiquei escravo da droga malvada
Era um fugitivo da realidade eu até pensei que iria morrer
Daquela angústia eu me levantei
E me decidi voltar para casa mesmo envergonhado
Mas eu vou voltar. vou pedir perdão ao meu pai querido
Mesmo sem ser digno de ser seu filho pequei contra ti
O senhor me perdoa
Venha meu filho o teu pai ainda te ama
Tens meu perdão, meu amor e tua cama
Troque estas, eu nunca te deixei nova herança
Pra você eu preparei. vamos fazer uma festa
Nessa hora porque já voltou quem um dia foi embora
Meu filho prodigo, mas que sempre amei
Quem estava morto mas eu te ressuscitei

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Elias Silva no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS