Recomeçar

Eliã Oliveira

Trajetória de Um Fiel


Eu tentei do meu jeito pensei assim
Esse e o meu projeto eu sei vou me dar bem
E seguir meu caminho um castelo ergui
Tudo era colorido em volta de mim
Mas não fui muito longe logo percebi
Não passava de um sonho era ilusão
E ainda bem que eu acordei a tempo de voltar
Que longe do meu pai não dá pra continuar
Vou pedir o seu perdão eu vou recomeçar

Recomeçar
Eu não vou dar ouvidos pra o que vão falar
Sou eu quem mais preciso
Eu vou me humilhar
Descer ao pó eu quero seu perdão
Quero voltar ao primeiro amor
Ser chamado de seu filho
Já não é mais um direito meu
Mas serei muito feliz
Se pelo menos me aceitares
Como simples servo teu
Simples servo teu.

E o pai vendo de longe correu abraçou e beijou
E disse trazem depressa o melhor vestido e vesti-lo
E ponde o anel em sua mão
E alparcas em seus pés e trazei um bezerro cevado
E comamos e alegremo-nos porque este meu filho estava
Morto e reviveu tinha se perdido e foi achado
O Pai te espera é mesmo assim
Volta depressa humilha-te
Ele quer dar de volta o que você perdeu
Quer te chamar de filho e quer ser o teu Deus
Chegou o tempo de recomeçar não fique assim a mendigar
Não abra mão do que e teu levante agora
E volta para o teu lugar

Recomeçar
Eu não vou dar ouvidos pra o que vão falar
Sou eu quem mais preciso
Eu vou me humilhar
Descer ao pó eu quero seu perdão
Quero voltar ao primeiro amor
Ser chamado de seu filho
Já não é mais um direito meu
Mas serei muito feliz
Se pelo menos me aceitares
Como simples servo teu
Simples servo teu.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Eliã Oliveira no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS