Paz no Vale

Eliã Oliveira


Estou cansado e sem forças
Porém tenho que avançar
Até que Deus me chame para o seu lar
Ali tudo brilha e o cordeiro é a luz
Onde as noites são claras, são clara sem par
Sei que algum dia no vale só haverá a paz
Só haverá a paz no vale para mim eu sei
Não haverá tristezas, nem temor,
Nem lutas ali só haverá a paz no vale para mim eu sei.

Lá o urso é manso e o lobo também,
O cordeiro e o leão se dão bem,
Crianças conduzem as feras com amor
E a terra se encherá sim desta paz
Sei que algum dia no vale só haverá a paz,
Só haverá a paz no vale para mim eu sei
Não haverá tristezas, nem temor,
Nem lutas ali só haverá a paz no vale para mim eu sei.

(declamação) lá o urso é manso, e o lobo também,
O cordeiro e o leão se dão bem, crianças,
Crianças conduzem as feras com amor
E a terra se enchera, se enchera sim desta paz.

Sei que algum dia no vale só haverá a paz,
Só haverá paz no vale para mim eu sei
Não haverá, tristezas, nem temor nem lutas ali,
Só haverá a paz no vale para mim eu sei.

Só haverá a paz no vale para mim eu sei

Só haverá paz no vale pra mim...

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Eliã Oliveira no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS