O Extraordinário

Eliã Oliveira

Em nome do Senhor


Marta e maria mandam avisar
Lázaro está enfermo oh, mestre vem cá!
Tu és nosso amigo e sabemos que
Tu podes fazer o mal desaparecer, mas o mestre não vem

Lázaro morreu e Jesus não chegou
No pior momento ele nos abandonou
Foram sepultar o seu amado irmão
Grande era a dor que sufocava o coração
Mas Jesus não falha é o amigo verdadeiro, disse
Vamos a Betânia visitar
meu companheiro que dormindo está
Mas agora eu vou lhe despertar

Há quatro dias sepultamos, porque
Não chegastes antes, disse marta a lamentar
Mas Jesus não se inquieta, era o extraordinário
Que queria realizar, gritou: Lázaro vem para fora
E a voz ecoa no sepulcro como uma grande explosão!
Esse Jesus não só cura mas
devolve vida a morto já em decomposição

Quando os recursos se esgotam, a medicina desengana
Quando as portas se fecham e não existe esperança
Esse é o momento de Deus revelar seu poder
É o extraordinário que ele gosta de fazer
É o que o homem capaz, o inteligente não resolve
A ciência desconhece, enlouquece e diz: Não pode!
É no sobrenatural que ele é especial
é no impossível que ele age

Não tente entender se quando mais tu clamas
Mais complica, mais desanda
Mais se agrava, mais se inflama
Jesus vai fazer o inédito acredita!
Quem vai contender com o que ele determina
Ele chega ordenando e o mal vai
Saindo, ele chega e a morte perde o seu domínio
Ele chega e faz o fim virar começo
este é o Deus que eu conheço

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Eliã Oliveira no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS