Simples Gestos

Elen Lara


Tantos corações, tantas marcas
Choros cicatrizes, tantas chagas
Lutas e perseguições, desafetos, desilusões
Vidas mal vividas, mal amadas,

Longe e no amor só emboscadas,
Sonhos mal tratados, deixados, largados
Vida pouca vida, sem razão de ter ou ser,
Existir assim, pra quê?

No caus desse cenário, chega um homem
Que afaga as feridas, que retoma a vida,
É autor de SIMPLES GESTOS,
E também de manifestos, de Nazaré, Ele é,

No caos desse cenário, chega um homem
Que acalma as feridas, que retoma a vida,
E em seu braço redentor, dá razão ao existir,
Razão de ser é luz, seu nome é Jesus

Letra enviada por damom farias

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Elen Lara no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS