Zanzibar

Elba Ramalho

Arquivo Essencial: Elba Ramalho


No azul de Jezebel
No céu de Calcutá
Feliz constelação
Reluz no corpo dela
Ai tricolor colar

Ás de maracatu
No azul de Zanzibar
Ali meu coração
Zumbiu no gozo dela
Ai mina aperta a minha mão
Alá me “only you”
No azul da estrela

Aliás bazar da coisa azul
Meu “only you”
É muito mais que o azul de Zanzibar
Paracuru
O azul da estrela
O azul da estrela

Os Argonautas
(Fausto Nilo/Armandinho)
BMG Brasil

ouça agora!

O barco

Meu coração não agüenta
Tanta tormenta, alegria
Meu coração não contenta

O dia, o marco
Meu coração
O porto não

Navegar é preciso
Viver não é preciso
Navegar é preciso
Viver não é preciso

O barco
Noite no teu tão bonito

Sorriso solto perdido
Horizonte e madrugada
O riso, o arco
Da madrugada
O porto, nada

Navegar é preciso
Viver não é preciso
Navegar é preciso
Viver não é preciso

O barco
O automóvel brilhante
O trilho solto
O barulho
Do meu dente em tua veia
O sangue, o charco
Barulho lento
O porto, silêncio

Navegar é preciso
Viver não é preciso
Navegar é preciso
Viver não é preciso

Relampiano
(Fausto Nilo/Armandinho)
BMG Brasil

ouça agora!

Tá relampiano, cadê neném?
Tá vendendo drops no sinal pra alguém
Tá relampiano, cadê neném?

Tá vendendo drops no sinal pra alguém
Tá vendendo drops no sinal, ninguém

Todo dia é dia, toda hora é hora
Neném não demora pra se levantar
Mãe lavando roupa, pai já foi embora
O caçula chora, mas há de se acostumar
Com vida lá de fora do barraco
Ai que endurecer um coração tão fraco
Para vencer o medo do trovão
Sua vida aponta a contra - mão

Tudo é tão normal, todo tal e qual
Neném não tem hora para ir se deitar
Mãe passando roupa do pai de agora
De um outro caçula que ainda vai chegar
É mais uma boca dentro do barraco
Mais um quilo de farinha do mesmo saco
Para alimentar um novo João Ninguém
A cidade cresce junto com neném

Quando Chega o Verão
(Fausto Nilo/Armandinho)
BMG Brasil

ouça agora!

Quando chega o verão
É um desassossego por dentro
Do coração
Quem ama sofre
Quem não ama sofre mais

Sofre menina
Sofre rapaz
Sofre menina
Sofre rapaz

Canário que muda a p e n a , dói!
Amor que muda de penas, dói!
Canário que muda a pena, dói!

Amor que muda de p e n a s, dói!

E tome xote Mariquinha
E tome xote Sá Zefinha

E tome xote, ôi
E tome mais

E tome xote Mariquinha
E tome xote Sá Zefinha
E tome xote, ôi
E tome mais

A Música do Nosso Amor
(Saul Barbosa/Jorge Portugal)
BMG Brasil

ouça agora!

Luar de lua serena
Céu de fogo iluminado

Estrela de tanto brilho
Fogueira assando milho
Milho parecendo fogo

A cidade era pequena
Mas no coração cabia
O tamanho da alegria
Que a gente traduzia
Como a música do nosso amor

Luar de lua serena

Arraiá iluminado
O forró comendo quente
Marines e sua gente
Luiz Gonzaga a cantar

No coração da pequena
O primeiro amor batia
A primeira brasa ardia
Na fogueira poesia
Era só o São João Chegar

Pula fogueira Yayá
Que eu pulo sim senhor
Pula fogueira Yayá
Que São João mandou
É brincadeira
Balão, beijo de biju, balão
Ainda acendo uma fogueira
No meu coração

Ciranda da Rosa Vermelha
(Alceu Valença)
BMG Brasil

ouça agora!

Teu beijo doce
Tem sabor do mel da cana
Sou tua ama, tua escrava
Meu amor
Sou tua cana, teu engenho, teu moinho
Tu és feito um passarinho
Que se chama beija-flor
Sou tua cana, teu engenho, teu moinho
Tu és feito um passarinho
Que se chama beija-flor

Sou rosa vermelha
Ai! Meu bem querer
Beija-flor sou tua rosa
E hei de amar-te até morrer

Sou rosa vermelha
Ai! Meu bem querer
Beija-flor sou tua rosa
E hei de amar-te até morrer

Quando tu voas
Pra beijar as outras flores
Eu sinto dores
Um ciúme e um calor
Que toma o peito, o meu corpo
E invade a alma
Só meu beija-flor acalma
Tua escrava, meu senhor
Que toma o peito, o meu corpo

E invade a alma
Só meu beija-flor acalma
Tua escrava, meu senhor

Sou rosa vermelha
Ai! Meu bem querer
Beija-flor sou tua rosa
E hei de amar-te até morrer

Sou rosa vermelha
Ai! Meu bem querer
Beija-flor sou tua rosa
E hei de amar-te até morrer

Tambor do Mundo
(Saul Barbosa/Jorge Portugal)
BMG Brasil

ouça agora!

Bombo de zabumba
Coração do forró
Bateu no tambor do mundo
Eu danço a noite inteira
Na ilha de Cuba
Ou no sertão de Icó
Tem coco quebrando tudo
Que levanta a poeira
É a nossa alegria
Senhoras e senhores

No mar da China
No azul da cordilheira

Ou em Madasgascar
Toda moçada vai querer
Lá em Campina
Ou no baile de Madureira
Se a sanfona tocar

A madrugada vai tremer
Vai todo mundo brincar
Eu quero ver tu remexer
No resfolego da sanfona
Até o sol raiar

Hoje eu sou rumbeira
Amanhã que será
Oh! Mana vamos pra vida
Que chorar não serve
Lá no fim do mundo
Onde o tambor batucar
É a nossa alegria
Senhoras e senhores

Já fui Diana
Fui pastora e feiticeira
Fui sereia do mar
Apaixonada por viver
Na caravana
Fui cigana, fui princesa
Mas quando eu te encontrar

A madrugada vai tremer
Vai todo mundo brincar

Eu Também Quero Beijar
(Alceu Valença)
BMG Brasil

ouça agora!

A flor do desejo e do maracujá
Eu também quero beijar
Haja fogo, haja guerra, haja a guerra que há
Eu também quero beijar

Do Farol da Barra ao Jardim de Alá
Eu também quero beijar
Da pele morena daquela acolá
Eu também quero beijar

Beijo a flor
Mas, a flor que eu desejo eu não posso beijar
Ai amor
Haja fogo, haja guerra, haja a guerra que há
Teu cheiro
É o marinheiro do barco fantasma que vai me levar
Mundo inteiro
Haja fogo, haja guerra, haja a guerra que há
festejo

Compositor: (fausto Nilo/armandinho)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Elba Ramalho no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS