Página inicial > Forró > E > Elba Ramalho > A Roda do Tempo

A Roda do Tempo

Elba Ramalho


Diz que o tempo é um mistério (deixa falar)
Que cura qualquer paixão (deixa falar)
Quem disse não conhecia
Essa dor que noite e dia martela meu coração

A roda do tempo gira (deixa girar)
Para frente e para trás (deixa girar)
Meu baralho eu já tracei
se você jogar um rei, eu tenho que jogar um ás

Eu me criei escutando a melodia, é
Da ventania castigando a beira mar, é
Me acostumei no tombo da ribanceira
Quem sabe subir ladeira, não tem pressa de chegar (2x)

Quem pensa que o céu é perto (deixa pensar)
Que é só estender a mão (deixa pensar)
Fica mal acostumado
Vive com o braço esticado e os pés fora do chão

Mas a vida vai passando (deixa passar)
Como o céu muda de cor (deixa passar)
Cada curva do caminho
Me leva devagarinho mais perto do teu amor.

Eu me criei escutando a melodia, é
Da ventania castigando a beira mar, é
Me acostumei no tombo da ribanceira
Quem sabe subir ladeira, não tem pressa de chegar (2x)

Compositor: Lenine - Bráulio Tavares

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Elba Ramalho no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS