Deus de Areia

El Kabong

El Kabong


Deixei que a mentira
vivesse sempre dentro da tua cabeça
andei por terras proibidas
segurando na tua mão
perdi a conta desses dias
em que o nosso sonho durou
mas um dia veio a escuridão
e aí tudo acabou

Hoje tudo que eu vejo
é a dor cortando o teu olhar
esperando um milagre
que faça a nossa luz
voltar a brilhar

Eu sou um Deus de areia
que a onda quebra
e o vento leva
pra longe
sou uma ilusão
de vida
tô viajando sem saber pra onde

Completamente sem direção
eu tento e não consigo parar
minha alma está doendo
ninguém pensou em me ajudar
não sei se estou certo
mas vou deixar tudo pra trás
e se o sol não nascer amanhã
sem você que diferença faz

Hoje...

Compositor: Nicholas Medeiros / Fausto Maciel

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a El Kabong no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS