Libertador

Egyanessa


Após terem o rosto Machucado por açoites
Um duro julgamento sem poder se defender
O cárcere sóbrio e correntes esperavam
Á Paulo e Silas servos do Senhor Jesus
Que crendo no poder do Deus supremo e inabalável
Oravam e cantavam louvores ao pai
E de repente algo sobrenatural aconteceu
O Senhor bradou e a terra tremeu

Abalando os alicerces
Derrubando as correntes
Coração sincero orando
Deus responde pessoalmente
Nada pode impedir
Nada pode segurar
Seu querer o seu agir
Seu mandar e efetuar
És um Deus libertador
Que não dá pra comparar,
Pois seu nome é Deus de amor

Envolto por correntes
Preso em situações Senhor
E não vejo saída ou solução pra minha dor
Mas sei que em meio ao meu clamor
Louvor regado a lagrimas
Sua mão vira ao meu encontro e me libertara

Compositor: Julio Eloi

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Egyanessa no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS