Página inicial > Pós-Punk > E > Égide > Telha e Telhado

Telha e Telhado

Égide


Se amar é fazer o que quer
Escondido o que você não gosta
Deixar o sol aquecer, com todos os seus raios
Escrever na velha agenda
Como nos diários

Pois as palavras se perdem no ar
Quero acalentar um dia o teu lar
Com palavras de amor
Pra esconder a minha culpa
Com palavras de amor
Pra pedir desculpas...

Quero sem querer esquecer a puberdade
E aos poucos sentir o gosto da verdade

Todo janeiro eu nem vi passar
Se aprendi a dar tempo aprendi a amar
O ano inteiro é sempre o que você diz
Deixar um pássaro e voar feliz
Deixar um pássaro e voar sempre feliz
Abrir os passos e ser dono do nariz

Queimar incenso, respirar de qualquer maneira
Tomar vinho madeira e falar qualquer besteira
Dar uma festa e chegar num dia claro
Quero jogar pro alto um dia chato

Quero me perder no teu sorriso
Inflar meu ego é tudo o que eu preciso
Espalhar as telhas no telhado
Esquecer a melancolia e ser amado

Quero sem querer esquecer a puberdade
E aos poucos sentir o gosto da verdade

Todo janeiro eu nem vi passar
Se aprendi a dar tempo aprendi a amar
O ano inteiro é sempre o que você diz
Deixar um pássaro e voar feliz
Deixar um pássaro e voar sempre feliz
Abrir os passos e ser dono do nariz

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Égide no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS