Androide

Eduardo Lourenço


O despertador vai tocar outra vez
A barba de ontem, ainda não fez
Café do outro dia e biscoito chinês
A calça amassada e a camisa xadrez

Condução lotada, parou no sinal
Reflexo no vidro, se sente um boçal
Lifestyle de pedra é uma guerra mental
Não sabe a que veio e onde vai afinal

Três dias de glória, seu soldo mensal
Pagou os carnês e a fração pastoral
Quitou a pendura no bar da central
Um gole pro Santo, um brinde pro Mal

Vida de Androide, Id e Login
Corrida de rato sem queijo no fim
Cartilha do otário aprendeu no plin plin
A Ordem controla seus sonhos assim

Vida de Androide, batendo o cartão
Baixando a cabeça, temendo o patrão
Vivendo de esmola e Vale Refeição
Do lado de fora é maior a prisão

Vida de Androide das oito às seis
Final de semana só embriagues
A prece pro céu: Acertar dessa vez
Fezinha na Mega pra virar burguês

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Eduardo Lourenço no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS