Página inicial > MPB > E > Eduardo Gudin > Velho Ateu

Velho Ateu

Eduardo Gudin


Um Velho ateu
Um bêbado cantor poeta
Na madrugada
Cantava essa canção-seresta
Se eu fosse Deus
A vida bem que melhorava
Se eu fosse Deus
Daria aos que não tem nada.

E toda janela fechava
Pros versos que aquele poeta cantava
Talvez por medo das palavras
De um velho de mãos desarmadas.

Um velho ateu.....

Colaboração José Gilberto (Sto Antonio de Jesus . Bahia)

Compositor: Eduardo Gudin E Roberto Riberti

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Eduardo Gudin no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS