Página inicial > E > Edson Penha > Tardio Lamento

Tardio Lamento

Edson Penha


Tardio Lamento

Tantas colunas, palácios, ouro próspero que ergui
Todos os homens, escravos conscientes a me servir
Tolos prazeres que de nada serviram para mim
Todas as flores que enobreceram meu jardim

Nada de belo neste abandono de coração
Uma história aberta neste livro em tuas mãos
Sem certeza alguma envelheço
Surdo, cego, mudo e com medo

Tantas verdades surdas que um dia fingi ouvir
Todos os homens cegos coincidem com meu ócio de sentir
Arrebatado da real eu acordo sem saber
Que agora derrubaram o rei e nem me disseram o porque

Nada de belo neste abandono de coração
Uma história aberta neste livro em tuas mãos
Sem certeza alguma envelheço
Surdo, cego, mudo e com medo

Compositor: Música: Balys Vitkauskas / Letra: Edson Penha

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Edson Penha no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS