Página inicial > E > Edson Penha > Caaminho do Ouro

Caaminho do Ouro

Edson Penha


Caminho do Ouro

No tempo dos tempos lentos
Das mulas, do tocador
Mãos pretas pro calçamento
Mão branca, chicote e dor

Serpente de pedra bruta
Das minas pro embarcador
Soldados para a conduta
Sustento pro usurpador

Caminho das pedras raras
Pra gana da tirania
Navios Reais cairaras
Sustento da fidalguia

Eu, caixeiro biguana
No cesto, o charque e a peita
Pros sujos da aduana
Reservo minha receita

Eu, jovem mascate
Por lá, por tantas feitas
Nas costas meu bacamarte
Minha tropa não se estreita

De tudo, o que mais valia
Na pousada do disparate
Donde me refazia
Na anágua de uma biscate

De tudo o que mais valia
Os dados, boa cachaça
Donde me refazia
Nas coxas de uma ganapa

Eee... Caminho do Ouro
Do tempo das boas praças
Por ti, engrosso o coro
Louvando a tua graça

Eee... Caminho do ouro
De quando te fiz minha vida
Por ti, engrosso o coro
Louvando tua acolhida

Compositor: Música: Léo Nascimento / Letra: Edson Penha

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Edson Penha no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS