Edith Piaf

Le Brun Et Le Blond (tradução)

Edith Piaf

1935-1942 / 1936-1945


Le Brun Et Le Blond


Na minha pequena vida são dois meninos

Y tem uma marrom e uma loira

Quem tanto me ama à sua própria maneira

Brown parece triste e sério

E o loiro riu com todos os seus olhos

qu'c'est bem, eu acho que eu prefiro o marrom

Ele é jovem, é mais bonito

Tem uma cor de pele bonita

Um coração puro, cheio de todas as coisas belas


Sim, mas a loira só tem que trazer

Com o seu ar divertido

É para ele qu'j'ai quer ser bonita

Brown fala-me muito a sério

Para seu amor, seus tormentos

Com uma bela voz para cantar

Ele diz que certamente irá matá-lo

Se eu não amo o tempo todo

Ou se um dia eu quis dizer

Isso me impressiona, é fazer tudo engraçado

Este é verdadeiramente que o melhor papel

Não há nada a dizer, é ele quem me ama


Quando o loiro j'parle suicídio

Y me diz: "Não, você quer rir? "

Mas eu gosto do beijo de qualquer maneira

Foi o que aconteceu no mês de agosto

Nós não entendemos uma coisa

Foi v'nu beber cerveja

Quando ele esvaziou sua cerveja

Ouvimos um lil 'louco

Oh, o chefe não estava orgulhoso dele

Foi ali, quieto como inferno

Com a testa enquanto buraco P'tit

Meu Deus, essa história é estúpida


Foi minha loira foi embora

m'laissant um lil palavra escrita

"Eu ri bastante. Hi cabecinha. "

Le Brun Et Le Blond


Dans ma p'tite vie y a deux garçons

Y en a un brun et puis un blond

Qui m'aiment tous deux à leur manière

Le brun a l'air triste et sérieux

Et le blond rit de tous ses yeux

J'crois bien qu'c'est l'brun que je préfère

Il est plus jeune, il est plus beau

Il a une belle couleur de peau

Un coeur tout pur, plein d'choses toutes belles


Oui mais le blond n'a qu'à s'amener

Avec son air de rigoler

C'est pour lui qu'j'ai envie d'être belle

Le brun me parle très gravement

De son amour, de ses tourments

Avec une belle voix qui chante

Il dit qu'il se tuerait sûrement

Si je ne l'aimais pas tout l'temps

Ou si un jour j'étais méchante

Ca m'impressionne, ça m'fait tout drôle

C'est vraiment lui qui a l'beau rôle

Y a pas à dire, c'est lui qui m'aime


Quand j'parle au blond d'se suicider

Y m'dit "Non, tu veux rigoler ?"

Mais j'aime bien l'embrasser quand même

Ca s'est passé en plein mois d'août

On n'y a rien compris du tout

Il était v'nu boire de la bière

Quand il a eu vidé son bock

On a entendu un p'tit "toc"

Ah, la patronne était pas fière !

Il était là, tranquille comme tout

Avec au front un tout p'tit trou

Mon Dieu, que cette histoire est bête


C'était mon blond qui était parti

En m'laissant un p'tit mot écrit

"J'ai assez ri. Salut p'tite tête".

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS