Pedro

Edilson Aleixo


Pedro, ele sabia

Ele sabia que eu ia falhar ele sabia
Que eu ia nega-lo
Mas mesmo assim ele acreditou em mim
Ele sabia que eu era apenas um pescador
Mas ele viu em mim valo ele me escolheu

Ele sabia que eu ia afundar
Quando ele falou anda sobre as águas
Ele sabia que eu ia cair
Quando o diabo lhe pediu assim
Deixa eu peneira-lo
Deixa eu cirandar com ele
E o senhor não deixou!
Ele sabia que eu como um tolo agia sem pensar
Mas ele viu em mim coragem
Uma vontade enorme de acertar

Ele sabia que eu ainda poderia ser
Alguém que ele pudesse confiar
Pra continuar o que ele começou
Cuidar dos seus cordeirinhos
Cuidar das sua ovelhas edificar sua igreja

Ele me encontrou naquele dia tão mal
Ele me viu eu lavava
As redes estava tão cansado um dia difícil

Ele entrou no meu barco
Me fez ouvir as suas palavras
Palavras de amor palavras que nunca vi igual
Palavras tão forte palavras que mata a morte
Palavras do céu palavras de paz
Palavras com autoridade palavras
Que libertam a felicidade
Palavras que me atraíram
Pro seus braços de amor
Palavras que me atraíram
Pro seus braços de perdão
Abraço de amigo abraço de irmão

Com ele eu vi maravilhas
Com ele eu aprendi a ser um pedro melhor
Jesus é meu exemplo perfeito modelo de vida
Ele sabia que eu falhar
Ele sabia que eu ia errar
Mas mesmo assim ele me escolheu
E todas às vezes
Que ele me abraça eu sinto o abraço
De um verdadeiro amigo
Um verdadeiro irmão um abraço
De Deus um abraço de perdão!

Compositor: EDILSON ALEIXO

Letra enviada por EDILSON ALEIXO

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Edilson Aleixo no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS