Página inicial > Pop/Rock > D > Dulce María > Ingênua (versão português)

Ingênua (versão português)

Dulce María

Extranjera Segunda Parte


Nosso amor foi só uma estupidez total
Um passo mais além do bem, do mal
Foi um tormento de dor
Uma história de terror
O sonho rosa escureceu
Palavras sem valor

Sei que fui ingênua, eu estava
Pintando borboletas no meu céu
E hoje estou tremendo sobre o chão
Fui ingênua e te tornei meu ar
Hoje a vida é um deserto
Por te amar de coração aberto

Eu tentarei reconstruir a paz
Queimar teus beijos, não olhar pra trás
Te dei oxigênio e voz, criei um mundo para dois
Me fez confiar só em você
E depois me disse adeus

Sei que fui ingênua, eu estava
Pintando borboletas no meu céu
E hoje estou tremendo sobre o chão
Fui ingênua e te tornei meu ar
Hoje a vida é um deserto
Por te amar de coração aberto

Uououououooooooooooooh

Sei que fui ingênua, eu estava
Pintando borboletas no meu céu
E hoje estou tremendo sobre o chão
Fui ingênua e te tornei meu ar
Hoje a vida é um deserto
Por te amar de coração aberto

Uououououooooooooooooh...

Compositor: Pedro Dabdoub Sanchéz, Monica Velez

Letra enviada por Thato Magnus

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dulce María no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS