Página inicial > Samba > D > Dudu Nobre > Tempo de Dondon

Tempo de Dondon

Dudu Nobre

Dudu Nobre - ao Vivo


Ai no tempo!
No tempo que Don-Don jogava no Andarahy
Nossa vida era mais simples de viver
De viver

Não tinha tanto misere, nem tinha tanto ti ti ti
No tempo que Don-Don jogava no Andarahy
No tempo que Don-Don jogava no Andarahy

Propaganda era reclame, ambulância era dona assistência,
Mancada era um baita vexame, e pornografia era só saliência
Sutiã chamava porta-seio, revista pequena gibi (i)
No tempo que Don-Don jogava no Andarahy
No tempo que Don-Don jogava no Andarahy

Rock se chamava Fox, tiete era moça fanática,
O que hoje se diz que é xerox, se chamava então de cópia fotostática
Motorista era sempre chofer, cachaça era parati (i)
No tempo que Don-Don jogava no Andarahy
No tempo que Don-Don jogava no Andarahy

22 era demente, minha casa era meu bangalô,
Patamo era socorro urgente e todo cana dura era investigador
Mulato esticava o cabelo, mulher fazia misampi (i)
No tempo que Don-Don jogava no Andarahy
No tempo que Don-Don jogava no Andarahy

Compositor: Nei Lopes

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dudu Nobre no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS