Página inicial > MPB > D > Dônica > Macaco no Caiaque

Macaco no Caiaque

Dônica

Continuidade dos Parques


Ele veio de um outro planeta, segurando a cauda de um lindo cometa
E foi chegando, aterrisando e já se perguntando
Que cheiro estranho é esse que o mar está soltando?

O macaco que era limpo tava quase vomitando
Já entendia a imundice que fazia o ser humano
Ser humano, ser humano, ser imundo, ser imundo!

Após a grande queda que sofreu o animal
Ao ver o tubarão branco começou a passar mal
Arrancou todos os seus dentes e construiu uma nau, a nau

O macaco era esperto

Mas, a nau naufragou, o sonho acabou

Imerso naquela sujeira, o macaco não via maneira
De voltar para sua morada, morada perfeita!

Então a vaca apareceu, no seu caiaque de resgate
No seu caiaque de resgate

Macaco no caiaque, macaco no caiaque!

Não vem de disco voador!
Não vende disco voador!
Não vem de disco voador?
Não vende disco voador!

Desembarcando em certa cidade
O macaco sentia saudade
De toda paz e alegria que não prometia
Toda aquela gente que vivia em agonia

O macaco e vaca estavam bem aproximados
Um sentia pelo outro um desejo inesperado
Um desejo que é seu e que é meu e que é nosso!

É nosso nessa hora, agora, bora rezar pra nossa senhora pra pedir perdão!

Vacaco no caiaque, vacaco no caiaque!

Não vende disco voador?
Não vem de disco voador!
Não vende disco voador?
Não vem de disco voador!

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dônica no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS