Página inicial > Regional > D > Dona Onete > No Meio do Pitiú

No Meio do Pitiú

Dona Onete


A garça namoradeira
Namora o malandro do urubu
Eles passam a tarde inteira
Causando o maior rebu

Na doca do Ver-o-Peso
No meio do Pitiú, no meio do Pitiú

Eu fui cantar carimbó
Lá no Ver-o-Peso
Urubu sobrevoando
Eu logo pude prever
Parece que vai chover
Parece que vai chover
Depois que a chuva passar
Vou cantar carimbó pra você

No meio do Pitiú, no meio do Pitiú... (Coro)

Urubu malandro
Foi passear lá no Marajó
Comeu de tudo
Mas vivia numa tristeza só
Urubu lhe perguntou
"O que se passa, compadre? "
"Tô com saudade da minha branca
Do Ver-o-Peso, da sacanagem
Lá eu sou pop star
No meio da malandragem
Fico bem na foto
Na entrevista e na reportagem"

No meio do Pitiú, no meio do Pitiú... (Coro)

(Fala: "Alô, pessoal da pedra! Alô barqueiros
Todas as pessoas que trabalham com esse peixe
maravilhosos do meu Pará, que tem esse nome tão
bonito, dessa Pedra do Ver-o-Peso! Pitiú dos
nossos peixes, da água doce! ")

Letra enviada por Juliana Maria Ananias Amador

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dona Onete no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS