Açaí

Djavan

Luz


Solidão de manhã, poeira tomando assento
Rajada de vento, som de assombração, coração
Sangrando toda palavra sã

A paixão puro afã, místico clã de sereia
Castelo de areia, ira de tubarão, ilusão
O sol brilha por sí

Açaí, guardiã
Zum de bezouro um imã
Branca é a tez da manhã

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Djavan no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS