O Cervejeiro

Divino e Donizete


Sou cervejeiro sou de Iturama
Bebo crystal, bebo skol e bebo brhama.
Cerveja antartica tá bom pra mim
kaiser gelada, itaipava e a nova skin.


Sou cervejeiro sou de turama
Bebo cristal, bebo skol e bebo brhama.
Cerveja antartica tá bom pra mim
kaiser gelada, itaipava e a nova skin.

Um ditado muito antigo tá na boca da moçada
e eu vou dizer outra vez porque isso me agrada
cerveja gelada, boi na invernada e mulher pelada.
Outro ditado antigo que tá na boca da gente
eu vou dizer pra vocês o que não me deixa contente
cerveja quente, boi doente e mulher da gente.

Sou cervejeiro sou de turama
Bebo cristal, bebo skol e bebo brhama.
Cerveja antartica tá bom pra mim
kaiser gelada, itaipava e a nova skin.

Festa que não tem cerveja eu acho uma pilantrage, eu
chuto o pau da barraca eu não levo desvantagem
Sou de coragem, não tem friagem sou da amoagem.

Qualquer marca de cerveja me da prazer no sabor
no estilo do cervejeiro a mulherada da valor.

J.

Compositor: Donizete Santos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Divino e Donizete no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS