Página inicial > Sertanejo > D > Divino e Donizete > O Buraco É Mais Embaixo

O Buraco É Mais Embaixo

Divino e Donizete


Quem num guenta bebe leite
Sou um valente cabra macho
Comigo é oito ou oitenta
O buraco é mais embaixo
O buraco é mais embaixo
O buraco é mais embaixo

Tomei café da manhã
No estadão de Goiás
Almocei no Mato Grosso
Jantei em Minas Gerais

Meu amor me abandonou
Coração tá disparando
Aguenta meu coração
Vou metê o chifre no chão
E depois saí arando

Quem num guenta bebe leite
Sou um valente cabra macho
Comigo é oito ou oitenta
O buraco é mais embaixo
O buraco é mais embaixo
O buraco é mais embaixo

Se a pinga vem da cana
Da cana sai o bagaço
Eu não dou ponto sem nó
Vou mostrá como é que eu faço

Na grande luta da vida
Eu não encontro embaraço
Da enxada sou a cunha
Eu pego touro na unha
Se ele escapar do laço

Quem num guenta bebe leite
Sou um valente cabra macho
Comigo é oito ou oitenta
O buraco é mais embaixo
O buraco é mais embaixo
O buraco é mais embaixo

Como um guerreiro cantador
Em Deus tenho muita fé
A vida é a trincheira
Eu enfrento o que vié

Na guerra da poesia
Mostro a luta como é
Se bombou a gente explode
Com o som desse pagode
Meu sucesso está de pé

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Compositor: Donizete Santos

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Divino e Donizete no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS