Único

Diorama


Explicar tudo
Sem completar os versos, esquecer
Seguir um caminho
E a cada segundo, renascer
Se é justo ser único
Me ensina a viver
Não basta ser tudo
Me ensina a viver

E o que restou das flores que colhi
Das vezes que toquei o céu
Dos sonhos contidos num verso
De um papel
De cada decisão
De cada amanhecer

Não sou único
Mas apenas um
Nem pretendo ser tudo
Mas apenas um

Uma gota desse mar
No deserto eu vou despertar
No silêncio, em toda fé
Toda crença ou no que vier
No que vier

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Diorama no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS