Irmãos Metralha

Dino Franco e Mouraí

Modas De Viola Vol.2


Na cidade de Andradina
Interior do meu estado
É o berço onde nasceu
O famoso rei do gado

Os maiores pecuaristas
Residem naqueles lados
Vou falar de uma família
Que seguiu a mesma trilha
Os Metralha afamados

Saíram de Araçatuba
Pra Andradina mudaram
Encheram o pasto de bois
Venderam e também compraram

Mas com a morte do Nelson
Os irmãos se desgostaram
O Wilson e o Willian
Sem temer léguas e milhas
Pra Mato Grosso rumaram

Chegando em Alta Floresta
Naquele sertão distante
Se embrenharam na selva
Tal qual nossos bandeirantes

Nas margens do Juruema
Tiveram lutas constantes
Nessa arrojada investida
Acharam muitas jazidas
De ouro e também diamantes

Hoje em dia os dois irmãos
São fortes capitalistas
Ficaram cheio de posses
Orgulhando o chão paulista

O homem que tem coragem
Tudo que sonha conquista
Eu digo sinceramente
O status dessa gente
É um tema pra revista

Parabéns Irmãos Metralha
Por este gesto pioneiro
Pra lutar a bem todos
Eu também sou companheiro

Eu não tenho novo mundo
Nem sou astro de violeiro
Se um satélite pesquisa
É pra aumentar as divisas
Deste povo brasileiro

Compositor: Dino Franco

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dino Franco e Mouraí no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS