Flores do Adeus

Dino Franco e Mouraí

Serra Molhada


Muitas flores haviam na igreja
Bordonéis e tapetes no chão
O vigário mudando de roupa
Coroinha com a bíblia na mão
No altar velinhas acesas
Igualzinhas ao meu coração
Era o dia do meu casamento
Era grande a minha emoção.

Na fazenda o terreiro coberto
Sanfoneiro chegava animado
O ambiente era todo de festa
Era muito os meus convidados.
E a tarde estava tão linda
Tudo aquilo era feito pra mim -
E jamais me passou pela mente
Que essa tarde marcasse meu fim

Mas a sorte me foi traiçoeira
Destruiu toda aquela ilusão
Bem na hora de irmos pra igreja
Um afinco em seu coração.
Pôs por terra meu sonho dourado
Minha amada mudou de feição
Já vestida de véu e grinalda
Foi pra igreja dentro de um caixão

Imaginem como estou agora
Sem saber o que digo e o que faço
Os meus pés se arrastam no chão
Minha mente se perde no espaço
O meu corpo é um farrapo de gente
Meu futuro não tem mais sentido
Já que Deus a levou de meus braços
Eu também devia ter morrido.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dino Franco e Mouraí no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS