Conflitos

Dino Franco e Mouraí

Pôr Do Sol


Clima de suspense paira sobre a terra
É o fim dos tempos, já vejo sinais
Violências, fome, terremotos, guerras
Inquietação e temores gerais

Muitos perseguidos por causa de um nome
Crescentes conflitos entre filhos e pais
E devido a falta de amor entre os homens
Vejo muita gente morrendo de fome
Enquanto alguns morrem por comer demais

A caça e a pesca indiscriminadas
Estão extinguindo espécies animais
A fauna e a flora sendo devastadas
Já nos restam poucas áreas florestais

Nossa juventude buscando prazeres
Zombam dos antigos valores morais
Sofrem conseqüências sem nada dever
Há filhos que morrem antes de nascer
Ou crescem jogados sem amor dos pais

Vejo nossa terra toda dividida
Cheia de conflitos internacionais
O egoísmo faz a verdade esquecida
Que perante Deus somos todos iguais

A atmosfera está poluída
Há também nas águas venenos mortais
As sofisticadas armas nucleares
Podem toda a Terra mandar pelos ares
Ao se confrontarem potências rivais

Porém não devemos perder a esperança
Pois o Criador prometeu e nos traz
Uma nova era cheia de bonança
E sua palavra nunca volta atrás

Seu grande projeto será realizado
O mundo habitado por homens leais
Fiel a promessa no livro sagrado
O nosso planeta será transformado
Em um paraíso de amor e de paz

Compositor: Dino Franco/Pedro Ornellas

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dino Franco e Mouraí no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS