Página inicial > Sertanejo > D > Dino Franco e Mouraí > Canção Para Um Amor Eterno

Canção Para Um Amor Eterno

Dino Franco e Mouraí


As gotas que caem dos meus olhos servem de orvalho
Molhando as flores que ela deixou no jardim
Sem pena e sem dó deixou nosso ninho
Nem mesmo deixou um bilhete dizendo-me adeus

Talvez pense que o meu coração é feito de pedra
É rocha que a dor e a saudade não podem furar
Que este meu pranto de dor é só fantasia
E as águas que caem dos meus olhos não são de chorar

Mas tenho esperança que um dia arrependida
A dor e a saudade lhe faça voltar
Talvez não me encontre, mas deixarei na porta
Estas frases pra ela saber que eu morri de chorar

Compositor: Itapuã e Roquinho

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dino Franco e Mouraí no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS