Caboclinha

Dino Franco e Mouraí


Onde anda aquela caboclinha
De quem certo tempo eu fui namorado?
Onde pairam seus olhos morteiros
Que um dia deixaram-me apaixonado

A visão do seu lindo sorris
Seguindo-me sempre revive o passado
Nosso amor quando ainda criança
No mundo da infância ficou sepultado

Caboclinha, caboclinha
Eis-me aqui a chamar por você
Caboclinha, caboclinha
Por favor, não me deixe morrer

Numa tarde que nós nos amamos
Deixei no seu rosto um sinal de beijo
E jurando me casar com ela
Eu disse que era meu maior desejo

Mas um dia seus pais se mudaram
Matando pra sempre o nosso ensejo
Na mudança que ela fazia
Parece que eu via meu próprio cortejo

Caboclinha, caboclinha
Eis-me aqui a chamar por você
Caboclinha, caboclinha
Por favor, não me deixe morrer

Compositor: Dino Franco e Aparecida Mello

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dino Franco e Mouraí no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS