Arrependimento

Dino Franco e Mouraí


Eu fui injusto estou arrependido
Agora eu choro sem consolação
E por castigo já tenho sofrido
Por Deus te peço: - tenha compaixão

Deste boêmio que mendiga ao menos
Destes teus olhos um olhar de dor
Sei que preciso desta tua esmola
Tenha piedade deste sofredor

O que vale a vida sem amor?
O que vale viver sem amar?
Eu te amo, te adoro e te estimo
Vem querida aliviar meu penar

Sei que com outro tu vives a vida
Vida melhor eu já te posso dar
Tenho receio, penso que não tens
A felicidade dentro do teu lar

Se for verdade isto que eu receio
Talvez um dia te possa ajudar
Lembres, querida, que tens um amigo
Que te amou e continua a te amar

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Compositor: Raul Torres

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dino Franco e Mouraí no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS