Dilsinho
Página inicial > Pagode > D > Dilsinho > Não Vai Embora (Com Luísa Sonza)

Não Vai Embora (Com Luísa Sonza)

Dilsinho


(Ohh, eu nem sei se você vai seguir sozinha
ou outro caminho
Mas tenta lembrar de mim)

(Dilsinho)
Tudo que é bom dura tão pouco
Sem você aqui, o tempo só maltrata
Os dias são ruins a vida ta sem graça

Eu não to bem, perdi o chão
Mas o meu coração já tatuou você
E mesmo sem querer, não me da opção

Não sei se te espero, se ainda me ama
Ou se me quer mais
Sozinho eu não consigo saber
Como é que eu faço pra esquecer

Abre essa porta, deixa eu entrar
Me da mais um abraço pra gente lembrar
O gosto do seu beijo eu não achei em outro
Um sentimento assim ninguém pode apagar

Abre essa porta, deixa eu entrar
Me da mais um abraço pra gente lembrar
O gosto do seu beijo eu não achei em outro
Um sentimento assim ninguém pode apagar

Ohh, você vai lembrar de mim, vai lembrar de mim
Ohh, você vai lembrar de mim, vai lembrar de mim
Ohh, você vai lembrar de mim, vai lembrar de mim

(Luísa Sonza)
Tudo que é bom dura tão pouco
E nos dias ruins, o tempo não passa
Sem você aqui, a vida é tão sem graça

Dias que vem, dias que vão
E no meu coração ainda ta você
E ele nem quer saber de outra opção

Não sei se te espero, se ainda me ama
Ou se me quer mais
Eu não aprendi a te perder
Como que eu faço pra esquecer

Abre essa porta, deixa eu entrar
Só mais um abraço pra gente lembrar
O gosto do seu beijo eu não achei em outro
Um sentimento assim ninguém pode apagar

Abre essa porta, deixa eu entrar
Só mais um abraço pra gente lembrar
O gosto do seu beijo eu não achei em outro
Um sentimento assim ninguém pode apagar

E se mesmo assim, quiser seguir sozinho
E se mesmo assim, quiser outro caminho
Não vai embora, não vai embora

E se mesmo assim, quiser seguir sozinho
E se mesmo assim, quiser outro caminho
Não vai embora, não vai embora

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dilsinho no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES