Página inicial > Pop/Rock > D > Dibob > Emprego Novo

Emprego Novo

Dibob


Ó meu senhor nós tá muito agradecido
Por tudo aquilo que cê deu de inventar
Pelo sol que todo dia ilumina
Pelo ar que nós respira e nós não tem que pagar
Pela lua, pelo céu cheio de estrelas
Pelo mar e as sereias que vem sempre visitar
Mas só me diz onde cê tava com a cabeça
Pra acabar com a moleza e inventar de trabalhar
Mas só me diz onde cê tava com a cabeça
Pra acabar com a moleza e inventou de trabalhar

Quando eu acordo lá pras sete da matina
Todo dia essa rotina
Eu começo a reclamar
Levanto puto, mal humorado pra caralho
Só por causa do trabalho
Que não deixa eu descansar
E no caminho pela praia, céu aberto
Eu vou vendo tudo aquilo que eu não posso aproveitar
Que nem cachorro vendo frango em padaria
A mesma coisa todo dia
Essa agonia é de matar
O tempo passa, eu continuo trabalhando
Mas também fico pensando o que que eu tenho de
inventar
Pra que o escritorio seja o buteco da esquina
A praia com as minina e a reuniao seja no bar
Então garçom desce mais uma rodada
Que hoje a mulherada tá tentando entrevistar

Emprego novo, melhor do mundo
Viver párs mulé e nunca mais aposentar
Emprego novo, melhor do mundo
Viver párs mulé e nunca mais aposentar

Se tu vive pro trabalho tu tá morto
Então vive par mulé que é pra tu ressuscitar

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Dibob no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS