Página inicial > Sertanejo > D > Di Paullo e Paulino > Mágoa de Carreiro

Mágoa de Carreiro

Di Paullo e Paulino

Cama Triste


Neste mundo tudo acaba
Vai sumindo a todo instante
Eu não vejo mais boiada
Nas campinas verdejantes

Nem poeira nas estradas
Nem repique de um berrante
Só vejo a dor da saudade
E um coração palpitante
Só vejo a dor da saudade
E um coração palpitante

Não vejo carro de boi
Cortando o velho estradão
Cortando aquelas campinas
Deixando sinais no chão

Com o seu cantar tão triste
Ringindo o seu cocão
Tudo isto é lembrança
Do meu querido torrão
Tudo isto é lembrança
Do meu querido torrão

("ê saudade daquele tempo
Que viajava com a boiada
Por estas campinas brasileiras")

Hoje eu pego na viola
Relembrando o meu sertão
O velho carro de boi
E a minha inspiração

Não vejo as caboclinhas
Dançando de pé no chão
Só vejo a dor da saudade
Ferindo meu coração
Só vejo a dor da saudade
Ferindo meu coração

Compositor: Serra Grande/Cassimiro/Paulino

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Di Paullo e Paulino no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS