Dor de Cotovelo

Di Paullo e Paulino

Cama Triste


Falo de um modo em geral
Não quero fazer apelo
De uma dor penetrante
Em forma de pesadelo

Envolve o meu pensamento
Branquearam os meus cabelos
Quero saber quem não tem
E quem não sofre também, ai, ai
A tal dor de cotovelo

Vocês dizem que não sente
É porque nega a verdade
Esta dor que nos persegue
Não olha a capacidade

Embora mantém a calma
Lutando contra a vontade
Esta dor alucinante
Vejo que a todo instante, ai, ai
Vem em forma de saudade

Muitos suportam calados
A cruel ânsia incontida
Outros lamentam e choram
Sufocando na bebida

Eu mesmo sou um que sofro
Esta ilusão perdida
É um grande pesadelo
Mas a dor de cotovelo, ai, ai
Também faz parte da vida

Compositor: Lourival Siriano/Ourival Siriano/Paulino

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Di Paullo e Paulino no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS