Página inicial > Sertanejo > D > Di Paullo e Paulino > Coração Redomão

Coração Redomão

Di Paullo e Paulino

Passarinho Do Sertão


O meu pobre coração foi igual potro fogoso
Nao aceitava carinho e nunca foi carinhoso
Mas hoje o meu coração é manso e melindroso
O meu coração agora também já caiu na espora
De um rostinho mimoso

Coração, coração redomão
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de rédeas no chão

Caboclinho delicado e bonito de feição
Menino passou o laço e me chegou no mourão
Agora estou amarrada e presa nas suas mãos
Com carinho e muito jeito malvado invadiu meu peito
E ganhou meu coração

Coração, coração redomão
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de rédeas no chão

Eu estou bem amarrada que nem potro no esteio
O menino com carinho me arreou e pois o freio
Tive que aceitar o amor e não tive outro meio
Essa paixão esquisita, coração que já fez fita
Teve que aceitar o arreio

Coração, coração redomão
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de rédeas no chão

Coração, coração redomão
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de rédeas no chão

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Di Paullo e Paulino no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS