Boto

Detonator e As Musas do Metal

Metal Folclore - The Zoeira Never Ends


Moça bonita se liga no que eu vou falar
De noite, na noite, na festa, no show ou no bar
Se aparecer um cara
Um cara de terno branco cantando
Esse cara sou eu

Não é o Roberto Carlos
Ele nunca sai de casa
É o Boto e você se meteu
Nas garras do

Boto, Boto, Boto
Golfinho "transudo"
Boto, Boto, Boto
Quer engravidar todo mundo

O Boto
É um golfinho
Assanhado
Que é safadão

De noite
Se transforma
Em humano
Fica bonitão

Se aparecer um cara
Um cara de terno branco
Dançando latino e sensual

Ele não é o Latino
Ele é feio pra diabo
É o boto e você se deu mal
Nas garras do

Boto, Boto, Boto
Vem fazer neném
Boto, Boto, Boto
Cuidado, cuidado meu bem

[Solo]

Papai, namorado ou marido
Prestem atenção
Se sua menininha
Querida do coração

Aparecer de repente
Grávida de 9 meses
Faça o que eu vou falar

Foi o Boto meu amigo
Fale com a vizinhança
Todos vão acreditar

Boto, Boto, Boto
Golfinho? transudo?
Boto, Boto, Boto
Quer engravidar todo mundo

Esse cara sou eu

Letra enviada por Higor

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Detonator e As Musas do Metal no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS